Operação Fio da Meada prende suspeito de homicídio em Canguaretama, RN

No VNT da PC/ASSECOM - 24/05/2017
Foto: Divulgação/Policia Civil de Pedro Velho

Policiais civis da Delegacia de Pedro Velho, com o apoio de policiais militares do pelotão de Pipa e Pedro Velho, do destacamento de Montanhas e do Grupo Operacional Tático (GTO) de Canguaretama, deflagraram, nesta quarta-feira (24), a operação “Fio da Meada”, e prenderam José Janderson Ferreira Souza, 23 anos, suspeito de ter cometido um homicídio neste ano no distrito de Piquiri, juntamente com o seu pai o qual é conhecido como “Meromba”, tendo contra eles um mandado de prisão preventiva. No crime, avítima teria sido morta no interior de um veículo.

O objetivo da operação, ocorrida em Canguaretama, foi a elucidação do desaparecimento de Renato de Lima Galvão, 24 anos, o qual está desaparecido há 47 dias, tendo a Polícia Civil de Pedro Velho iniciado as investigações, as quais apuraram que o jovem estava em dívida com um traficante conhecido como “Meromba”, membro da facção criminosa Sindicato do RN que seria responsável pelo tráfico de drogas no distrito de Piquiri, localizada em Canguaretama. Em desfavor de José Janderson, de seu pai“Meromba”, de José Humberto Filho, vulgo “Gordo da Boa Vista”, e de Márcio Capistrano Barbosa, vulgo “Rola”, 30 anos, haviam quatro mandados de busca e apreensãoreferentes ao desaparecimento de Renato. 

Durante a ação ocorrida na residência de “Meromba”, o mesmo desferiu vários disparos em direção aos policiais, provocando uma troca de tiros, a qual ele foi atingido, não resistindo aos ferimentos. Em sua casa, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 com numeração raspada e uma munição intacta, uma garruncha, maconha, crack, dinheiro fracionado, além de uma motocicleta. Os demais mandados foram cumpridos nas residências do trio. Durante as investigações, os policiais civis descobriram que Márcio era o principal ajudante de “Meromba”, o qual, juntamente com o seu filho, José Janderson, já havia sido preso no dia 30 de abril deste ano por porte ilegal de arma de fogo. Investigações apontam ainda que tal organização criminosa seria responsável por cometer a maioria dos crimes ocorridos na região de Canguaretama, principalmente os dehomicídios. José Janderson foi preso e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

As informações são da Polícia Civil RN
Share on Google Plus

About VNT Online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.