PM recaptura quatro detentos que fugiram da Penitenciária de Parnamirim

No VNT do G1 RN - 27/05/2017
Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal, registrou a maior fuga de presos da história do RN (Foto: Ricardo Araújo/G1)
Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal, registrou a maior fuga de presos da história do RN (Foto: Ricardo Araújo/G1)
A Polícia Militar recapturou nesta sexta-feira (26) quatro presos que fugiram da Penitenciária Estadual de Paranamirim (PEP) na madrugada da última quinta-feira. Ao todo, 88 presos fugiram da PEP nesta quinta. Está é a maior fuga da história do sistema prisional do Rio Grande do Norte. Ainda na quinta-feira 9 nove presos foram recapturados logo após a fuga.

Geylton Gleycon Patrício, de 32 anos, foi recapturado no bairro Bom Pastor, nesta sexta. Ele responde atualmente pelo crime de roubo e estava cumprindo pena por homicídio.

Os outros três recapturados são Adriano Azevedo da Silva, Manoel Batista da Silva Junior e Jonathan Ferreira da Silva. A PM não informou onde eles foram presos, mas confirmou que eles fugiram da PEP nesta quinta.
Drogas, um celular, chips e carregadores foram encontrados na Penitenciária Estadual de Parnamirim (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Operação na PEP
Ainda na tarde desta sexta, o Grupo de Operações Especiais (GOE) fez uma revista individual em 500 internos. Dois presos foram flagrados com drogas e conduzidos à delegacia. Além disso, um celular, carregador, chips, fones de ouvido e cachimbos artesanais também foram recolhidos pelos policiais.

Fuga
A Penitenciária Estadual de Parnamirim foi palco da fuga de 88 presos nesta quinta-feira (25), a maior debandada da história do sistema prisional potiguar. Até então, a maior fuga ocorrida no estado havia sido a de janeiro deste ano, durante o massacre de Alcaçuz. A penitenciária, a maior do RN, fica em Nísia Floresta, também na região metropolitana da capital potiguar. A Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc) considera que pelo menos 26 presos foram assassinados na ocasião, e que 56 conseguiram escapar em meio à matança.

Share on Google Plus

About vnt online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.