Inocente, jovem de Jundiá, RN é preso confundido com criminosos e ainda tem foto publicada em rede social

VNT - 08/06/2017
Foto divulgada nas páginas policiais de jovem inocente Foto: Internet

VNT - O jovem, João Neto Augusto de Oliveira, de 20 anos, confundido com criminosos foi preso como suspeito de crime de estelionato e associação criminosa, a prisão ocorreu no momento em que em que os policiais  realizavam uma ação que prendeu um grupo que sacou R$ 20 mil mediante golpe no Banco Itaú na Avenida Engenheiro Roberto Freire, zona sul de Natal, e ainda suas fotos foi parar na internet. Fotos do jovem foram divulgadas em páginas policiais, nas redes sociais. Toda confusão aconteceu na última terça-feira (6), entre 11:30 a 12:00 do lado do Banco Itaú,  na Roberto Freire, Ponta Negra, o mesmo afirma estar muito abalado psicologicamente.  

Ao VNT, João Neto, diz  ser inocente, que ele e o amigo, Josenildo Belarmino Tomé,  foram confundidos  com criminoso, os dois foram presos. O jovem e ainda afirma ter sido agredido fisicamente e verbalmente; "Eu passei de 13:00h às 17:00h e pouco preso, a todo momento falava que não tinha envolvimento e até os próprios presos acusados falaram que eu não tinha nada haver, eu e meu amigo éramos inocentes..., daí soltaram eu e meu amigo por volta das 18:00h da noite...  fui agredido fisicamente e verbalmente".

O jovem e o amigo foram fotografados e expostos em páginas policiais no facebook.  João Neto usou as redes sociais para se defender. "Pessoal, boa noite, venho através desta nota esclarecer para os amigos e familiares que fui pego por engano, numa operação policial, enquanto estava num carro fora do banco...ESTAVA NO LUGAR ERRADO E NA HORA ERRADA mas eu não tenho nada haver com isso, nunca fiz nada desonesto na minha vida! sou um cara trabalhador, levo uma vida simples... Estão espalhando minha imagem sem a minha autorização...JÁ ESTOU EM CASA GRAÇAS A DEUS irei atras dos meus direitos ! espero a compreensão de todos, porque fui pego injustamente, dou parabéns aos policias pela operação, porem pegaram pessoas inocentes, e sofri por ela, porque fui agredido, e vou em busca do meu direito... obrigado a todos tenham uma boa noite".

João Neto Augusto de Oliveira, é do município de Jundiá, agreste do Rio Grande do Norte, e atualmente mora em Natal. O Jovem de família e conhecido na comunidade onde cresceu, mesmo com o problema resolvido, as fotos, foram compartilhadas e continuam circulando, o que provoca danos, "Com o ocorrido, não consegui trabalhar mais. não tou psicologicamente bem pra isso, eu tou sem comer faz 3 dias, ontem não dormi. fico com isso na cabeça e não consigo ficar bem", disse João Neto.

Os verdadeiros suspeitos foram presos e o ocorrido foi publicado pela Polícia Civil/RN, onde três mulheres e um homem pelo crime de estelionato e associação criminosa. Foram detidos: Wellen Garcia Rafael, 19 anos; Aline Keila da Silva Santos, 28 anos; Maria Dara Dantas da Silva, 21 anos e Everton Ataíde Rodrigues da Silva, 28 anos. Os quatro suspeitos foram presos após sacarem, cada um, o valor de R$ 5 mil mediante ordens de pagamentos que estavam no nome deles. Cada um dos detidos, ganharia com a ação, um valor de R$ 500. Veja a matéria AQUI

"Olhem ai o vídeo mostrando quem realmente estava envolvido no que aconteceu a João Neto Oliveira ontem...essas páginas de face não tem nada oficial...querem repercutir em cima dos outros! E mostram a imagem de pessoas inocentes !". Escreveu a namorada de João Neto em seu facebook

O vídeo sobre o grupo preso que sacou R$ 20 mil mediante golpe no Banco Itaú também foi publicado pela Polícia Civil/RN, Veja AQUI
Share on Google Plus

About vnt online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.