'Ele queria ser policial', diz tia de menino de 8 anos morto por bala perdida em Natal

No VNT do G1 RN - 26 SET 2017
Pedro Darlan tinha 8 anos (Foto: Arquivo da família)
Pedro Darlan tinha 8 anos (Foto: Arquivo da família)
"Ele queria ser policial pra proteger a gente. Porque ele sabia da história da tia dele, que também tinha falecido de bala perdida, com a mesma idade que hoje ele tem”, disse emocionada Maria das Dores Silva, tia de Pedro Darlan, menino de 8 anos que na madrugada desta segunda (25) morreu vítima de uma bala perdida no bairro do Bom Pastor, Zona Oeste de Natal.

O garoto, que estava no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, foi internado com um tiro no rosto, mas não resistiu. Pedro foi baleado no domingo (25). Estava na varanda de casa, brincando. A bala que o acertou partiu de um tiroteio no meio da rua. Foi durante uma perseguição.

Em alta velocidade, um carro estava atrás de uma motocicleta. Na moto, havia um casal, que tentava escapar. Atingida, a mulher morreu na hora. Ela foi identificada como Jucilene Clemece de Souza Cunha, de 27 anos. O homem, também baleado, foi socorrido e permanece internado. Ele ainda será ouvido pela polícia. A família da mulher também vai prestar depoimento. Já os criminosos que estavam no carro, estes a polícia ainda não sabe quem são.

Último adeus
O velório de Pedro Darlan aconteceu na casa onde ele morava com os pais. Foi lá que a tia Maria das Dores lembrou do sonho que o menino tinha, “Ele queria ser policial pra proteger a gente. Porque ele sabia da história da tia dele, que também tinha falecido de bala perdida, com a mesma idade que hoje ele tem”, disse.
Share on Google Plus

About vnt online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.