Divisão de Homicídios investiga troca de tiros entre capitão da PM e policial civil em Natal

No VNT do G1 RN - 20 NOV 201'7
Armas de capitão da PM e de policial civil foram apreendidas após o tiroteio (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Armas de capitão da PM e de policial civil foram apreendidas após o tiroteio (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
A Polícia Civil informou que a troca de tiros entre o capitão da Polícia Militar Andrey Jackson e o policial civil Adorian Silva, fato ocorrido na noite deste sábado (18) após uma desavença em um bar na Zona Sul de Natal, será investigada em caráter especial pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Em meio ao tiroteio, ambos foram baleados.

O Delegado Geral da Polícia Civil, Correia Júnior, foi quem decidiu designar a investigação para a DHPP. "Algumas testemunhas já foram ouvidas, e outras serão chamadas pela Polícia Civil para depor durante esta semana no intuito de esclarecimento dos fatos", acrescentou em nota divulgada à imprensa.

Já a assessoria de comunicação da PM, disse que vai aguardar a conclusão da investigação criminal da DHPP para decidir se abre ou não algum procedimento administrativo contra o capitão.

A briga
O capitão da PM e o policial civil trocaram tiros em frente a um bar localizado na rua Xavier da Silveira, no conjunto Morro Branco. Segundo testemunhas, foi após uma confusão iniciada dentro do estabelecimento. Feridos, os dois foram socorridos para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho.

Policiais do 5º Batalhão da PM, que atenderam a ocorrência, não souberam dizer o que motivou o tiroteio, mas ele teria começado a partir de uma briga envolvendo uma terceira pessoa. O capitão foi atingido no pescoço, no braço, e no abdômen, mas não corre risco de morte. Já o agente da Polícia Civil, foi ferido com dois tiros no peito, ocasionando uma hemorragia no pulmão, e foi submetido a uma segunda cirurgia na noite deste domingo (19).

As armas dos dois policiais foram apreendidas pela Polícia Civil, que já ouviu a versão do capitão da PM. As informações preliminares dão conta que os dois haviam se desentendido em outro lugar e o capitão parou para lanchar no bar, onde o policial civil já teria chegado atirando. Os investigadores ainda vão pegar o depoimento do policial civil, quando ele estiver mais estável.
Share on Google Plus

About VNT Online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.