Rodovias do RN continuam com pontos de bloqueio; governo do estado avalia impactos

No VNT do G1 RN - 28 MAI 2018
BR-101, em Parnamirim, continua com trecho parcialmente bloqueado (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)
BR-101, em Parnamirim, continua com trecho parcialmente bloqueado (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

A Grande Natal começa a semana com a frota de ônibus reduzida por causa da greve dos caminhoneiros, que chega ao 8º dia seguido. Na capital, os postos de combustíveis foram reabastecidos no final de semana, mas em alguns ainda se formam filas. O abastecimento de gás de cozinha também está comprometido.

Nas BRs e rodovias estaduais ainda há vários pontos com bloqueios parciais. Os caminhoneiros exigem redução do preço do óleo diesel e aumento no valor do frete. Três entidades de caminhoneiros ouvidas pelo G1 nesta segunda-feira (28) dizem que aceitam a proposta feita pelo governo para encerrar a greve. Elas afirmam que estão comunicando os grevistas sobre o fim do movimento.

O presidente do Sindicato dos Caminhoneiros do Rio Grande do Norte, Thiago Rodan, disse que não pode dar um posicionamento sobre o fim ou a continuidade da paralisação porque eles não estão à frente do movimento, mas afirmou que “através da sondagem que o sindicato fez, as manifestações continuam”.

Segundo ele, o sindicato não está fazendo nenhum tipo de mobilização para bloqueio de rodovias e o movimento é espontâneo dos caminhoneiros. Apesar disso, ele afirmou os caminhoneiros não ficaram satisfeitos com a proposta apresentada pelo presidente Michel Temer neste domingo (27), pois a pauta de reivindicação tinha 14 itens e apenas 3 deles foram apreciados e atendidos.
Share on Google Plus

About VNT Online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.