PM acusado de matar advogada a pauladas dentro de motel em Santo Antônio, RN começa a ser julgado

No VNT do G1 RN - 25 JUL 2018
Soldado da PM Gleyson Alex de Araújo Galvão   (Foto: Cedida)
Soldado da PM Gleyson Alex de Araújo Galvão (Foto: Cedida)

Começou a ser julgado na manhã desta quarta-feira (25), na comarca de Santo Antônio, distante 70 quilômetros de Natal, o soldado da Polícia Militar Gleyson Alex de Araújo Galvão, acusado de matar a pauladas a advogada Vanessa Ricarda, de 37 anos – crime ocorrido em fevereiro de 2013 dentro de um motel. O júri popular está sendo presidido pela juíza Tatiana Sokolevsk. Quatro mulheres e três homens compõem o conselho de sentença. O julgamento deve terminar ainda nesta quarta.

Gleyson Araújo tem 37 anos. Ele foi preso no dia 14 de fevereiro de 2013, logo após o crime, lá mesmo em Santo Antônio. Atualmente, segundo a Polícia Militar, permanece detido no 4º Batalhão, na Zona Norte de Natal.

"Estamos todos apreensivos. É um mistura de emoções. O julgamento pode representar o encerramento de um ciclo doloroso, mas também será uma situação difícil, pois teremos que reviver o dia 14 de fevereiro de 2013. Além disso, vem à tona o sentimento de impotência de termos que nos deparar visualmente com uma pessoa que nos trouxe tanto sofrimento e não poder fazer nada, apenas rezar para que os jurados tomem a decisão correta. Por fim, queria acrescentar que não foi apenas a vida de uma pessoa que foi perdida, e sim a tranquilidade e a harmonia de uma família inteira que foram arrancadas de uma maneira tão drástica e sofrida", disse Verbena Rúbia, irmã da advogada assassinada.
Vanessa Ricarda de Medeiros tinha 37 anos (Foto: Anderson Barbosa/G1)
Vanessa Ricarda de Medeiros tinha 37 anos (Foto: Anderson Barbosa/G1)

Share on Google Plus

About VNT Online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.