Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Depois de se envolver em acidente, homem é preso em flagrante após assalto na zona rural de Nova Cruz, RN

No VNT do Nova Cruz Oficial - 09 DEZ 2018
Foto/Reproducao

A Polícia Militar, através do 8º BPM/Nova Cruz, prendeu em flagrante, na noite do ultimo dia (07), por volta das 19h, um indivíduo acusado de praticar um assalto a mão armada a um estabelecimento comercial (Mercadinho) localizado na comunidade de Lagoa Limpa, zona rural deste município.

De acordo com informações de testemunhas, dois elementos armados chegaram em um motocicleta do tipo Traxx, anunciando o assalto a proprietária do mercadinho, subtraindo do caixa uma determinada quantia em dinheiro, fugindo logo em seguida pela RN 120, sentido Nova Cruz. De imediato as viaturas do GTO (Grupo Tático Operacional) e RP (Rádio Patrulha) iniciaram as diligências no sentido de localizar os indivíduos, quando nas proximidades do bairro Portal do Agreste, localizado as margens da RN, os meliantes envolveram-se em um acidente, colidindo a motocicleta em um veículo.

Na ocasião, um dos indivíduos conseguiu se evadir, enquanto outro permaneceu no local do acidente, aguardando socorro médico. O assaltante foi identificado como sendo Adilson Trajano, 27 anos, conhecido por Ferro na Boneca morador do bairro Planalto, com ele os Policiais Militares apreenderam uma arma artesanal, do tipo espingarda calibre 12, com dois cartuchos do mesmo calibre, além de R$ 38,00 (trinta e oito reais) em dinheiro, subtraído do mercadinho.

Após o socorro médico, o flagranteado foi conduzido a 6º DRP (Delegacia Regional de Polícia) de Nova Cruz, onde foi adotado os procedimentos legais adequados ao caso, ou seja, o Auto de Prisão em Flagrante Delito.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.