Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Mossoró Cidade Junina terá Elba Ramalho, Wesley Safadão, Alceu, Fágner e Naiara Azevedo

No VNT do DeFato - 26 ABR 2019
 Wesley Safadão - Foto: Divulgação

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) lançou na noite da última quarta-feira (24) a programação oficial do Mossoró Cidade Junina 2019, em solenidade no Memorial da Resistência, no Corredor Cultural – Avenida Rio Branco.

Foram anunciadas as atrações nacionais e regionais e os shows na Estação das Artes Elizeu Ventania e no Corredor Cultural. Também foram apresentadas as novidades em toda a estrutura da festa, que é considerada entre as maiores do gênero no País.

O Cidade Junina será aberto no dia 8 de junho com o tradicional “Pingo da Mei Dia”, que terá em um dos trios a banda Saia Rodada e o sanfoneiro Renno.

Já o encerramento do MCJ, no dia 29 de junho, será com a cantora Elba Ramalho que puxará o comboio “Boca da Noite”.

Os shows na Estação das Artes Elizeu Ventania terá atrações nacionais e regionais, com destaque para Alceu Valença, Wesley Safadão, Raimundo Fágner, Naiara Azevedo, Dorgival Dantas, Gabriel Diniz, entre outros.

Veja a programação de shows:

Dia 8 de junho – Pingo da Mei Dia, no Corredor Cultural – Saia Rodada e Renno

ESTAÇÃO DAS ARTES ELIZEU VENTANIA

Dia 13: Wesley Safadão

Dia 14: Dorgival Dantas, Lagosta Bronzeada e Waldonys

Dia 15: Mastruz com Leite, Toca do Vale.

Dia 21: Brasas do Forró, Israel Novaes

Dia 22: Fagner, Junior Vianna

Dia 23: Alceu Valença

Dia 27: Cavaleiros do Forró, Gabriel Diniz

Dia 28: Bonde do Brasil, Naiara Azevedo

Dia 29 – Boca da Noite – Corredor Cultural - Elba Ramalho, Municipal Santos, Tuca Fernandes

Veja a programação completa na edição impressa do Jornal de Fato desta quinta-feira, 25.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.