Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Mauro Naves é afastado da Globo por envolvimento no caso Neymar; veja

No VNT da ISTOÉ - 05 JUN 2019
Mauro Naves é afastado da Globo por envolvimento no caso Neymar

O repórter Mauro Naves foi afastado das coberturas esportivas da Globo por estar envolvido diretamente no suposto caso de estupro envolvendo o jogador Neymar. Em pronunciamento feito pelo apresentador William Bonner durante o Jornal Nacional desta quarta-feira (5), a Globo explicou que o jornalista encaminhou contatos do do pai de Neymar ao primeiro advogado que representou a modelo Najila Trindade no caso.

Mauro Naves relatou à Globo somente nesta quarta-feira (5) sua participação no episódio. Em sua defesa, ele explicou que se limitou a repassar os contatos ao advogado, a quem já conhecia, porque esperava obter a história com exclusividade. Quando o assunto se tornou público, avaliou que sua participação não teria relevância.



Reposted from @metropolesdf - O jornalista Mauro Naves foi afastado da Rede Globo durante o Jornal Nacional nesta quarta-feira (5/6). O repórter deixará a cobertura esportiva após divulgar o telefone do pai de Neymar para o ex-advogado de Najila Trindade, que acusa o jogador de estupro e agressão. A notícia foi lida por William Bonner ao vivo. . “Mauro Naves é um profissional excelente, com grandes contribuições para o jornalismo esportivo da Globo, mas há evidências de que as atitudes dele neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre conduta dos seus jornalistas”, afirmou o âncora. “Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esporte da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos”. . #jornalismo #mauronaves #jn #jornalnacional #notícias #metrópoles
Uma publicação compartilhada por VNT Online (@vntonline) em
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.