Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Presidente de Câmara de Vereadores é preso em flagrante durante operação em Nova Cruz, RN

No VNT do G1 RN - 23 JUL 2019
Operação 'Dolly', da Polícia Civil em parceria com a PRF, também cumpriu mandados de busca e apreensão. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

O presidente da Câmara de Vereadores de Nova Cruz, na região Agreste potiguar, foi preso na manhã desta terça-feira (23) durante uma operação que apurava um esquema de clonagem e comercialização de veículos de luxo adulterados. A Operação “Dolly” foi deflagrada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Investigado por receptação de carros de luxo com procedência criminosa, por preços bem abaixo do mercado, o vereador José Evaldo Barbosa, conhecido como “Valdo Salu”, foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, no momento em que os policiais cumpriam mandados de busca.

Segundo os investigadores, o esquema de clonagem também contava com a falsificação de documentos públicos que eram utilizados para esconder a origem ilícita dos automóveis, que foram roubados em diversos estados do país.

Os policiais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão em diversos endereços na cidade, que foram expedidos pela 1° Vara da Comarca de Nova Cruz. Os mandados tiveram o parecer favorável do Ministério Público Estadual. Diversos materiais foram apreendidos pela Polícia.

O nome da Operação faz menção a ovelha “Dolly”, que ficou mundialmente conhecida como o primeiro clone animal da história, já que se trata de investigações acerca de clones de automóveis.
Operação 'Dolly', da Polícia Civil em parceria com a PRF, prendeu vereador de Nova Cruz em flagrante. — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Operação 'Dolly', da Polícia Civil em parceria com a PRF, prendeu vereador de Nova Cruz em flagrante. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.