Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Rei Leão volta ao cinema em nova versão, com time de dubladores de peso

No VNT do G1 - 15 JUL 2019
Donald Glover (Simba) — Foto: Divulgação/Disney

Nesta quinta-feira (18), estreia a nova versão de um clássico dos anos 90, "O Rei Leão". E, para a missão de reviver os personagens, a Disney escolheu um time de dubladores de peso.

O ator e cantor Donald Glover faz a voz de Simba, o personagem principal. Nala é interpretada por ninguém menos do que Beyoncé. Em Los Angeles, o Fantástico conversou com os comediantes Seth Rogen e Billy Eichner, que dão voz a Pumba e Timão, respectivamente.

No Brasil, os escolhidos para dar vida ao par romântico Simba e Nala foram Ícaro Silva e Iza e os dois também falaram com a nossa equipe sobre o desafio.

"Foi a primeira vez dublando e é, realmente, um universo diferente do meu. Na parte de interpretar as músicas, o que foi mais complicado foi segurar a emoção e tentar abstrair a Beyoncé da minha cabeça. Porque realmente é uma responsabilidade. Não só de dublar Rei Leão, como também ser sub da Beyoncé, né?", afirmou a cantora.
Ícaro Silva e Iza dublam Simba e Nala na versão em português — Foto: Divulgação/Caroline Lima
Ícaro Silva e Iza dublam Simba e Nala na versão em português — Foto: Divulgação/Caroline Lima

Billy Eichner (Timão), Seth Rogen (Pumba) e John Oliver (Zazu) — Foto: Divulgação/Disney
Billy Eichner (Timão), Seth Rogen (Pumba) e John Oliver (Zazu) — Foto: Divulgação/Disney

JD McCrary (Simba jovem) e Shahadi Wright Joseph (Nala jovem) — Foto: Divulgação/Disney
JD McCrary (Simba jovem) e Shahadi Wright Joseph (Nala jovem) — Foto: Divulgação/Disney

Beyoncé (Nala) — Foto: Divulgação/Disney
Beyoncé (Nala) — Foto: Divulgação/Disney


Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.