Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Mulher ameaça processar cantor Thullio Milionário após beijos no palco

No VNT da QUEM - 06 AGO 2019
Luciene Borges e Thullio (Foto: Reprodução/ Instagram)

O cantor Thullio Milionário se envolveu em uma polêmica depois de um show em Muriti, no Ceará. Depois de convidar uma mulher para subir ao palco, ele a beijou e o vídeo do beijo circulou pela web. A mulher, contudo, que se chama Luciene Borges, é casada, e acusou o músico de ter forçado o beijo. "Thullio me chamou e eu inocentemente fui e a gente começou a dançar. De certa forma me senti forçada. Tinha falado com ele que não queria beijar, e mesmo assim ele pegou meu pescoço e começou a me beijar, acabou que, quando me vi ali, já estava beijando", contou ela em entrevista ao repórter Denkeny Pires, da TV Cidade Web.


Luciene ainda explicou que, por ser blogueira, esteve no camarim do cantor e foi convidada a subir ao palco para tirar fotos do público e, em seguida, foi convidada para dançar com ele. "Estou em busca dos meus direitos, porque várias vezes eu pedi para apagar o vídeo, inclusive tiraram print e foi mais motivo de chacota. Estou indo em busca dos meus direitos. Vocês podem ver no vídeo que várias vezes ele puxa minha saia, não sei qual a intenção dele em fazer isso", afirmou a blogueira, confessando que não conhecia a música nem o cantor. O vídeo está disponível na internet.



from @uoltvefamosos - O CANTOR THULLIO MILIONÁRIO ESTÁ ENCRENCADO! 🙈 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Com o hábito de chamar uma fã para subir no palco e dar um beijo, o cantor Thullio Milionário acabou se envolvendo numa polêmica, que pode ir parar na Justiça. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O sertanejo chamou a blogueira Luciene Borges para a performance e, segundo ela, forçou-a a dar o beijo. Ela, que é casada, afirma estar sofrendo humilhações em sua cidade: "Esses 25 segundos de beijo transformaram minha vida num verdadeiro caos. Estou vivendo um inferno. Muita gente me criticando, me humilhando. Virei motivo de chacota na minha cidade. Pretendo mover uma ação contra o artista e contra a banda" ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Luciene disse que avisou Thullio Milionário que era casada, mas que mesmo assim ele teria forçado a situação que aconteceu no dia 26 de julho no palco de seu show em Muriti, no interior do Ceará. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 📽 @thulliomilionario
Uma publicação compartilhada por VNT Online (@vntonline) em

Luciene também contou que não sabia que ele chamava as meninas para subir ao palco e não foi informada que no final da dança teria um beijo. "Esses 25 segundos de beijo transformou minha vida em um verdadeiro caos. Estou vivendo um inferno, muita gente mandando mensagem, me criticando, me humilhando. Virei motivo de chacota na minha cidade", desabafou. Por ser casada, os questionamentos sobre a relação com o marido também começaram a rondá-la. "Muita gente chama ele de corno. Ele não é corno, porque não considero isso como traição, inclusive eu fui para festa e avisei que eu ia. A gente tem um casamento transparente um com o outro e aconteceu o que aconteceu", disse.

CANTOR NEGA
Após a entrevista para Denkeney Pires, Thullio usou o Insta Stories para compartilhar o vídeo em que aparece beijando Luciene. "Vou deixar o link para vocês verem como a moça foi forçada a dançar comigo, no meu show. É muita palhaçada um negócio desse. Está todo mundo me mandando aqui a entrevista dessa mulher dizendo que forcei ela me beijar. Assim que eu subi no palco ela era a primeira pessoa que estava lá, ela mais um cara e outra mulher e ela disse: 'olha quero dançar forró beijando!' Comecei o show, na primeira vez da música 'dançar forró beijando' ela entrou e vocês vão ver no vídeo aqui", disse o artista.

Procurado por QUEM nesta segunda-feira (5), o empresário do artista não atendeu as ligações nem respondeu as mensagens da reportagem até o momento.

Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.