Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

O site VNT Online entrevista candidatos ao Conselho Tutelar de Várzea, RN

Do VNT - 31 AGO 2019
 O site VNT Online entrevista candidatos ao Conselho Tutelar de Várzea, RN; de 1º a 17/09 - Foto: Arte/VNT

O VNT Online fará uma série de entrevistas com os candidatos à Conselheiro Tutelar de Várzea, no Agreste do Rio Grande do Norte, que irá ao ar em a partir deste domingo,  1º até 17 de setembro com o objetivo de tornar público as intenções e pretensões dos que se propuseram a concorrer. 

As entrevistas dos 17 candidatos ao cargo de conselheiro tutelar para quadriênio 2020/2023 do município de Várzea irão ao ar (ENTREVISTA INDIVIDUAL) na ordem de chegada ao VNT e ao final, assim que todas as entrevistados forem publicadas faremos um RESUMÃO com todos os candidatos. 

Todos os candidatos habilitados as eleições do Conselho Tutelar de Várzea, RN terão a oportunidade de falar a população varzeana, contar suas experiências com a criança e adolescente, a importância de um Conselho Tutelar, suas metas e propostas para o cargo de conselheiro.

O processo de escolha dos novos membros do Conselho Tutelar ocorrerá de forma unificada em todas as cidades do país no dia 06/10/2019,  cada eleitor só poderá votar em 5 candidato.

Veja a lista dos 17 candidatos: (ordem alfabética); Daniel da Silva Teixeira, Egnaldo da Costa Silva, Fábio de Lima Ferreira Paulino, Iranilza Braz da Silva, José André da Silva Júnior, José Fernando Silva do Rego, Joseane Alves da Silva, Klayton Anacleto do Nascimento, Laércio Silva Paulino, Marcos André de Souza, Marciel Freire Avelino, Mirlene da Costa Ribeiro Silva, Milene Martins Cruz de Lima, Paulo Viana da Silva, Rosileide Venceslau da Silva Soares, Silvânia Rego da Silva Oliveira e Tamila Rodrigues de Lima.





Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.