Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

'Maiores focos já foram debelados', diz Corpo de Bombeiros sobre incêndio que atinge a Serra do Lima, em Patu, RN

No VNT do G1 RN - 18 SET 2019
Maiores focos de incêndio já foram apagados, segundo o Corpo de Bombeiros — Foto: CBM-RN

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, já foram apagados os maiores focos do incêndio que desde o início da tarde da segunda-feira (16) atinge a Serra do Lima, em Patu, no Oeste potiguar. Porém, há alguns pequenos pontos onde ainda é possível ver fogo e também ainda há fumaça na região.

Ao longo da madrugada, o trabalho de combate ao incêndio foi intenso. Cerca de 50 bombeiros, com o auxilio de policiais militares, equipes da prefeitura de Patu e voluntários lutaram para controlar as chamas antes que elas atingissem o Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, igreja que fica no alto da Serra do Lima, principal ponto turístico da região.

Eleito pelo voto popular como uma das sete maravilhas do Rio Grande do Norte, o Santuário do Lima fica a 6 quilômetros da zona urbana de Patu. É considerado um dos locais religiosos de maior visitação no interior do estado.

"Havia riscos das chamas atingirem o santuário, mas foram neutralizadas. Assim que o reforço chegou dividimos vários grupos de combatentes e conseguimos neutralizar vários focos do fogo na madrugada", disse o capitão Neves Monteiro, do CBM.

Ainda segundo o oficial, a maior dificuldade da missão está no acesso aos locais onde ainda há focos de queimada. "As viaturas não chegam próximo do fogo e necessitamos voltar para abastecer as bolsas com água. Isso deixa o trabalho mais lento", acrescentou.

Não se sabe como o fogo começou e ainda não é possível dimensionar a área atingida, mas até o momento não há feridos e nenhuma edificação foi danificada.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.