Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Vaia mais! Mesmo com clima hostil, Neymar faz golaço e garante vitória do PSG em casa

No VNT do GE - 14 SET 2019
Neymar acerta um voleio (ou seria uma puxeta) e faz golaço para o PSG (Foto: Reuters)

Hostilidade e aplausos. Vaias e golaço. A volta de Neymar ao time do PSG após a frustrada negociação com o Barcelona teve de tudo. Mas, no fim, vitória do time parisiense por 1 a 0 sobre o Strasbourg graças a uma pintura do atacante brasileiro no Parque dos Príncipes nos acréscimos do duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Francês.

Como era esperado, o ambiente para Neymar no PSG no primeiro jogo dele na temporada europeia não foi nada tranquilo. O jogador foi vaiado e xingado pelas organizadas ao entrar em campo e a cada vez que pegava na bola durante boa parte do duelo com o Strasbourg no Parque dos Príncipes. As organizadas pegaram pesado e estenderam duas faixas contra Neymar: “Neymar Sr venda seu filho na Vila Mimosa!”, dizia a faixa estendida no Parque dos Príncipes numa alusão a uma zona de prostituição no Rio de Janeiro. Ela foi recolhida minutos depois.

Dado o clima hostil, as vaias, as faixas ofensivas e todo o ambiente desfavorável a Neymar – muito por conta de suas próprias escolhas -, era de se esperar que o atacante não fosse bem. Ledo engano. O camisa 10 foi, de longe, o melhor do PSG na partida, criando as melhores oportunidades, se movimentando bastante, dando passes e buscando o jogo. Quase fez um gol olímpico no segundo tempo (a bola carimbo a trave). Foi premiado pela dedicação e tranquilidade em suportar a pressão com um golaço de voleio que assegurou o triunfo do PSG aos 46 do segundo tempo. Fez mais um depois, mas que acabou anulado por impedimento de Di María. Um jogo para Neymar não esquecer.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.