Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Cinco acidentes deixam trânsito lento na BR-101 em Natal

 No VNT do G1RN - 03 DEZ 2019
Acidentes aconteceram nos dois sentidos da BR-101 e complicou o trânsito — Foto: Quézia Oliveira/Inter TV Cabugi

Cinco acidentes em um trecho de 2 km deixaram o trânsito lento na manhã desta terça-feira (3) em cinco pontos da BR-101 na Zona Sul de Natal. Dois deles aconteceram na altura do anel viário da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e outro próximo ao viaduto que dá acesso à Avenida Engenheiro Roberto Freire.

Na altura da UFRN, um dos acidentes aconteceu no sentido Centro e envolveu três carros. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi ao local e liberou o trânsito por volta das 7h30 desta terça.

No sentido contrário, no mesmo ponto da rodovia, outra colisão que envolveu dois carros. Momentos depois, um motociclista colidiu contra um dos veículos. De acordo com a assessoria da PRF, uma pessoa ficou ferida. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local para prestar socorro. De acordo com a comunicação da Polícia Rodoviária Federal, o trânsito foi liberado no local por volta das 9h15.


O terceiro acidente registrado foi na altura do acesso da rodovia para a Avenida Engenheiro Roberto Freire, sentido Centro, e envolveu cinco carros. Segundo a assessoria da PRF, ninguém ficou ferido e o trânsito flui normalmente.

A corporação ainda relatou uma quarta colisão que aconteceu na altura do Shopping Via Direta, no sentido Parnamirim. O quinto acidente envolveu uma motocicleta e um carro, na agulha de acesso para a via marginal da rodovia, na altura do Sesc Potilândia. Nos dois casos não houve feridos e o trânsito foi liberado.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.