Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Hospital de campanha será montado na Arena das Dunas para tratar pacientes com coronavírus

Do G1RN - 02 ABR 2020
Arena das Dunas em Lagoa Nova — Foto: Inter TV Cabugi

Um hospital de campanha será montado na área interna da Arena das Dunas em Natal para atender pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (Covid-19). O espaço foi cedido ao Governo do RN pela empresa que administra o estádio e a previsão é de que a unidade temporária esteja pronta até o fim de abril.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), a capacidade é de 100 leitos (50 para casos leves e 50 leitos de UTI para os pacientes com quadros mais graves). A estrutura não será instalada no gramado da arena.

O hospital será administrado por uma empresa contratada por meio de edital, que ficará responsável pela instalação de equipamentos e contratação de profissionais médicos, enfermeiros, técnicos e assistentes. Também em Natal, outro hospital de campanha está sendo montado no prédio do antigo Hotel Parque Costeira.

"O projeto já está praticamente concluído. Já estamos viabilizando a contratação para a montagem dos leitos e em paralelo lançando o edital para contratar uma organização, que vai fazer essa gestão dos leitos com equipamentos, pessoal e insumos. Estamos tomando as providências para viabilizar essa contratação das empresas que apresentarem a proposta mais adequada", detalhou Cipriano Maia, titular da Sesap.


A montagem custará cerca de R$ 40 milhões, oriundos de recursos próprios do Estado e do Governo Federal, além de doações. "Estamos com um comitê de doações e temos tido a manifestação de apoio do segmento empresarial, de pessoas, da Justiça e também do Legislativo. Isso é essencial porque até agora os recursos são insuficientes", explica Cipriano Maia.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.