Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Portal do TSE disponibiliza simulador de votação para as Eleições 2020

Do TSE - 07 NOV 2020
Plataforma on-line está disponível para que eleitores possam votar, de forma lúdica, em uma urna virtual


 Em menos de dez dias, eleitores de 5.568 municípios do país irão às urnas para escolher prefeitos e vereadores. Há 24 anos, o eleitor brasileiro utiliza a urna eletrônica para a escolha de seu candidato. E, para facilitar o momento do voto, na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet, o eleitor tem à disposição um Simulador de Votação na Urna Eletrônica. Nele, o cidadão pode treinar como votar para os cargos em disputa no pleito deste ano, como se estivesse diante de uma urna, de forma rápida, didática e divertida.

Simule aqui a votação.

Desenvolvido pelo TSE, o software apresenta uma lista de candidatos e partidos fictícios para cada cargo (Partido dos Esportes, Partido dos Ritmos Musicais, Partido das Profissões, Partido das Festas Populares e Partido do Folclore). O eleitor pode navegar pelas legendas usando as setas para direita e para esquerda, na filipeta de candidatos no alto da página. Antes de votar no Simulador, o usuário deve escolher o turno da eleição do qual deseja participar: primeiro ou segundo.

No fim da votação, ou a qualquer momento, o eleitor poderá retornar à página inicial, escolher o turno e reiniciar a votação (basta clicar no link “nova simulação”). Devido a seu caráter didático, caso o usuário realize um procedimento incorreto durante a votação, o simulador apresentará uma mensagem explicativa, e a tela será bloqueada até que ele clique na mensagem apresentada.

Saiba mais sobre como funciona a urna eletrônica.

Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.