Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Governadora anuncia chegada de novo lote com 46.800 doses da vacina CoronaVac nesta sexta (5) ao RN

Do G1RN - 05 FEV 2021
RN vai receber 46,800 doses da CoronaVac nesta sexta-feira (5) — Foto: Vanessa Fernandes/G1 RR


A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou que nesta sexta-feira (5) chegará ao estado um novo lote da vacina CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. O Ministério da Saúde enviou 46.800 doses, segundo publicou a chefe do executivo estadual em uma rede social.

"Tão logo as vacinas cheguem ao estado faremos a distribuição aos municípios para imunização de mais uma parcela da nossa população", comentou a governadora em uma rede social, na noite de quinta-feira (4).

Fátima voltou a publicar a informação nas redes sociais na manhã desta sexta (5).

"Seguimos firmes cobrando do Governo Federal agilidade na aquisição de vacinas de enfrentamento à Covid-19. O que chegou até agora ainda está muito distante de atender a nossa população", completou.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap) havia divulgado na quarta-feira (3) que a aplicação da segunda dose das vacinas contra a Covid-19, da CoronaVac, será realizada entre os dias 10 e 17 de fevereiro. O órgão ressaltou que essas datas são apenas para quem recebeu as primeiras doses da vacinação (profissionais da saúde e idosos institucionalizados), a partir de 20 de janeiro - a norma técnica da CoronaVac aponta que o espaço entre a primeira e a segunda dose deve ser de 21 a 28 dias.

"A vacina só será aplicada em quem levar o seu cartão físico, mostrando que tomou a CoronaVac e na data certa", explicou a subsecretária de planejamento e gestão da Sesap, Lyane Ramalho, na oportunidade.

Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.