Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

TRT-RN abre inscrições para seleção de estágio remunerado

Da Comunicação TRT-RN - 16 MAR 2021
TRT-RN abre inscrições para seleção de estágio remunerado


O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região abriu período de inscrições para seleção do seu Programa de Estágio Remunerado, nesta segunda-feira (15). A bolsa oferecida aos estudantes será de 750 reais e contará também com auxílio transporte de 7,50 por dia.  

De acordo com o Edital 001/2021 assinado pela presidente do TRT-RN, desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Wanderley de Castro, e publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho (DEJT), a seleção possui vagas e cadastro de reserva (CR) que poderão ser preenchidas por alunos das instituições conveniadas.

Para o interior do RN, haverá seleção para formar cadastro de reserva nos cursos de Direito e Ciências Contábeis, que será destinada às unidades judiciárias das cidades de Assu, Caicó, Ceará Mirim, Currais Novos, Goianinha, Macau e Mossoró.  

Já para Natal, além de ofertas de CR para os cursos de Direito e Contábeis, haverá seleção para reserva voltada aos estudantes de Administração, de Gestão Pública, de Tecnólogo em Logística, de Arquitetura, de Biblioteconomia, de Jornalismo e TV, além de Engenharia  Civil, Tecnólogo em Edificações, Tecnólogo em Redes de Computadores, Engenharia Elétrica, de Produção, História e Odontologia.

Há vagas e formação de cadastro de reserva para alunos de Tecnologia da Informação e de Técnica Subsequente em Segurança do Trabalho para a capital do RN.

Os interessados em participar da seleção, devem ler o Edital 001/2021 e preencher o formulário disponível no site do TRT-RN até o dia 26 de março.

Confira o edital na íntegra: https://bit.ly/2Nj6NYg

Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.