Quadrilha de explosão a caixas de banco e cofre de Correios é presa

No VNT do G1 RN  - 10/11/2016
Foram apreendidos durante a operação: armas de fogo de uso restrito, munições, explosivos, dinheiro, coletes balísticos, grampos, blusões, coturnos e até garrafas de uísque (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Foram apreendidos durante a operação: armas de fogo de uso restrito, munições, explosivos, dinheiro, coletes balísticos, grampos, blusões, coturnos e até garrafas de uísque (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Uma investigação realizada pela Delegacia de Polícia Civil de Pendências, cidade distante 200 quilômetros de Natal, resultou nesta quarta-feira (9) na prisão de cinco homens suspeitos de participarem de uma quadrilha especializada em explosão de caixas eletrônicos. A operação foi batizada de ‘TATU’. Um deles, um fugitivo da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, foi preso em Natal por agentes da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor); os demais, na própria cidade de Pendências – entre eles, um idoso de 77 anos.

Segundo a Polícia Civil, a operação também contou com apoio da Polícia Militar e de agentes da Polícia Federal. “O intuito foi combater o crime organizado na região. Investigações apontam que a associação criminosa é responsável por furtos nas agências dos Correios dos municípios de Pendências, Campo Grande, Afonso Bezerra, além de explosões a caixas eletrônicos nas cidades do Alto do Rodrigues e Ipanguaçu”, ressaltou.

Jariedson Bezerra de Moura
(Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
“Ainda nesta quarta, a Delegacia de Pendências informou à DEICOR que um dos integrantes do grupo, de nome Jariedson Bezerra de Moura, estava em Natal. Jariedson, que é suspeito de envolvimento em explosões a caixas eletrônicos e cofres das agências dos Correios, usava como base criminosa o município de Pendências. Jariedson foi preso pelos policiais da Deicor”, detalhou o delegado de Pendências, Thyago Batista.

Além das prisões, os policiais também apreenderam armas e instrumentos utilizados no arrombamento de terminais. Em uma propriedade rural, localizada no distrito de Mulungu, na zona rural de Pendências, foram encontrados enterrados em diferentes pontos armas de fogo de uso restrito, munições, coletes balísticos, grampos, blusões, coturno, dinheiro e várias garrafas de uísque. Já em um sítio na comunidade de Olho D'água do Matos, em Assu, foram encontrados armas de uso restrito, munições, explosivos, coletes balísticos, balaclavas, luvas, blusões, rádio, pé de cabra, marreta e dinheiro.

O nome da operação é a sigla para Técnicas Avançadas de Trabalho Unido – uma alusão à integração entre as polícias Civil, Militar e Federal no combate ao crime organizado.

Segunda quadrilha
Neste mês, esta é a segunda quadrilha detida pela Polícia Civil apontada como responsável por arrombamentos de terminais eletrônicos e cofres de agências dos Correios no Rio Grande do Norte. No dia 3, cinco homens e uma mulher foram presos em Natal e Parnamirim, e bananas de dinamite (já prontas para serem usadas em explosões), maçaricos e R$ 10 mil apreendidos com o grupo.
Share on Google Plus

About deusa online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.