No RN, hospital paralisado por falta de limpeza deve voltar a funcionar

No VNT do G1  RN - 07/12/2016
Lixo hospitalar se acumula no Giselda Trigueiro  (Foto: Reprodução/ Inter TV Cabugi)
Lixo hospitalar se acumula no Giselda Trigueiro (Foto: Reprodução/ Inter TV Cabugi)


O secretário de Saúde do Rio Grande do NorteGeorge Antunes garantiu que o hospital Giselda Trigueiro, em Natal, vai retomar o funcionamento nesta quarta-feira (7). Referência em infectologia no Rio Grande do Norte, a unidade suspendeu atendimentos e fechou 26 leitos no início da semana por cauda das condições precárias de higiene no local.

De acordo com a direção, 100% dos trabalhadores responsáveis pela higienização do Giselda são terceirizados. “Não tivemos a agilidade suficiente para conseguir refazer a contratação rapidamente”, explicou o secretário. Problemas com a alimentação também afetam a unidade.
Pacientes dividem espaço com lixo hospitalar, e segundo o sindicato de saúde do estado, até esta terça, apenas 4 funcionários realizavam o trabalho de limpeza do hospital, que antes era realizado por 19 funcionários de empresa terceirizada, três vezes ao dia. Ainda segundo o sindicato, máquinas usadas para limpeza dos equipamentos cirúrgicos estão quebradas há três meses.

Nesta terça, enquanto o atendimento do Giselda Trigueiro se restringia aos pacientes já internados na unidade, funcionários do hospital protestaram com faixas e placas criticando a situação em frente à unidade. Enquanto isso, a secretária-chefe do Gabinete Civil do Estado, Tatiana Mendes Cunha, se reunia com George Antunes, membros da direção do Giselda e outros integrantes do Governo.

Na reunião, segundo Antunes, foi cobrada a liberação do processo pela Control. Assim, o secretário de Saúde poderia assinar o documento e os servidores terceirizados responsáveis pela limpeza e nutrição do hospital, integrantes de uma mesma licitação, retornariam ao trabalho imediatamente.

Durante entrevista à Inter TV Cabugi nesta terça-feira (6), o secretário garantiu a volta do funcionamento da unidade para esta quarta-feira. “Com essa intervenção, a expectativa é de que amanhã o hospital já esteja atendendo dentro de sua normalidade, mas provavelmente não vai atingir a capacidade total”, afirmou.
Share on Google Plus

About vnt online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.