Robert Oliveira detalha relacionamento com Dudu Camargo e diz que família sabia de tudo

No VNT do RD1 - 05/07/2017
Robert Oliveira diz que possui diversas provas de que manteve um relacionamento com Dudu Camargo
RD1 - O estudante Roberto Oliveira, que nas redes sociais se identifica como Robert, de 18 anos, ganhou fama nacional nos últimos dias ao revelar que mantinha um suposto relacionamento amoroso com o apresentador Dudu Camargo, do SBT. Desde então, vários veículos de imprensa procuram o jovem em busca de detalhes sobre a relação amorosa entre os dois. Após diversas tentativas e muitas negociações, o paulista decidiu abrir o jogo e concedeu uma entrevista exclusiva e reveladora ao RD1.

No bate-papo por telefone, Robert contou que o relacionamento entre ele e o âncora do “Primeiro Impacto” começou na escola e que não era segredo para ninguém. “Eu ia na casa dele, ele ia na minha casa. Todo mundo estava a par disso. A escola também. Amigos, colegas, todo mundo viu a gente junto”, revelou.

Robert conta que Dudu era carinhoso no início do relacionamento e que foi mudando com o tempo. Para ele, a busca excessiva de Camargo pela fama deteriorou o relacionamento: “No começo foi tudo bem. Ele fazia de tudo para me conquistar e me deixar bem. Eu, como era tudo novo, sempre caía. Era aquele papo de ‘ah, beleza, estou pedindo desculpas para você’ e eu o perdoava. Depois de uns três meses ele começou a correr atrás das coisas que ele queria mais e mais. Fez de tudo para entrar na televisão e para estar nos holofotes”.

Após tornar pública a relação na web, Robert revela que sofreu ameaças e que até a mãe de Dudu entrou na história. “Ela perguntou porque eu tinha feito isso, perguntou porque eu queria ferir a imagem dele. Eu disse que não fiz de propósito. E não foi de propósito. As pessoas viram que eu fiquei tão assustado que eu fiquei com vontade de sair de casa”, desabafou.

Robert negou as especulações de que estaria levando o assunto à mídia para ganhar fama. “Até porque não acho ele famoso, acho ele inconveniente. É uma pessoa extremamente inconveniente que faz de tudo para ser engraçado, mas acaba sendo um babada”, justificou.

Ainda na entrevista exclusiva ao RD1, o jovem fala sobre sonhos, se pretende brigar com Dudu na Justiça e ainda e diz que não quer mais saber do apresentador do SBT.

Leia na íntegra:
Exclusivo: Robert Oliveira detalha relacionamento com Dudu Camargo e confirma agressões
Dudu Camargo possui diversas fotos ao lado de Robert Oliveira
RD1 – Como você conheceu o Dudu?

Robert Oliveira – A gente se conheceu na escola, no final de 2015. Tínhamos amigos em comum. No começo de 2016 começamos a engatar um relacionamento. Durou sete meses.

RD1 – As famílias de vocês sabiam desse relacionamento?

Robert Oliveira – Sabiam. Todo mundo sabia. Eu ia na casa dele, ele ia na minha casa. Todo mundo estava a par disso. A escola também. Amigos, colegas, todo mundo viu a gente junto.

RD1 – Houve alguma rejeição da família de vocês?

Robert Oliveira – Rejeição não. Foi mais medo pelo fato de eu ser gay. Eles estavam com medo de eu sofrer preconceito na rua, na escola e tudo mais. De resto foi tranquilo.

RD1 – Foi o seu primeiro namorado?

Robert Oliveira – Foi sim.

RD1 – A gente leu o seu depoimento no Facebook e você disse que foi uma relação abusiva. Como foi que isso aconteceu? Quando foi que a relação começou a se deteriorar?

Robert Oliveira – No começo foi tudo bem. Ele fazia de tudo para me conquistar e me deixar bem. Eu, como era tudo novo, sempre caía. Era aquele papo de ‘ah, beleza, estou pedindo desculpas para você’ e eu o perdoava. Depois de uns três meses ele começou a correr atrás das coisas que ele queria mais e mais. Fez de tudo para entrar na televisão e para estar nos holofotes. Até que ele começou a se mostrar muito agressivo. Essa coisa agressiva não é de hoje. Vem desde pequeno, ele já me disse isso várias vezes. Comecei a ver isso como uma coisa ruim, mas não estava pensando em terminar com ele. Pensava ‘tá bom, ele está sendo agressivo, mas vai mudar’. Até que começou a ficar sério, ele não me dava mais atenção, parava de falar comigo. Não falava comigo direito. Só de eu pedir atenção ele ficava estourado. Falava um monte de coisas. Quando eu estava na casa dele, a gente começava a discutir, ele vinha para cima de mim. Falava que eu estava enchendo o saco dele, saturando ele. Só que eu nunca corri atrás para terminar, porque já estava com medo. Até que começou a ficar mais sério e as agressões começaram para valer. Não podia fazer nada que era um soco, um tapa… E eu não reagia. Não sabia reagir. É estranho, porque as pessoas achavam que era dois homens [que brincavam de] ficar batendo. Mas eu não sabia reagir. Era como se o meu mundo estivesse caindo.
Exclusivo: Robert Oliveira detalha relacionamento com Dudu Camargo e confirma agressões
Robert acusa Dudu de tê-lo agredido diversas vezes
RD1 – Houve alguma coisa específica na vida dele para a mudança no comportamento?

Robert Oliveira – Ele começou a ficar agressivo a partir do momento em que ele passava mais tempo tentando ficar na TV do que se dedicando a mim e à família. Ele fazia tudo para estar na televisão. Era basicamente isso a vida dele. Lutar para ser famoso. Aí foi aí que ele começou a esquecer tudo que estava em volta dele para focar nisso. Começou a ficar assim, do nada.

RD1 – Depois que vazou o primeiro vídeo de vocês se beijando, o Dudu entrou em contato com você?

Robert Oliveira – Ano passado tinha feito um desabafo em um grupo. Falei algumas coisas lá e aí as pessoas queriam provas. Só que eu não ia postar nada de foto e vídeo nenhum. Só que fiquei tão irritado que acabei soltando o vídeo. E como o grupo era privado, não podiam vazar coisas do grupo. Mas teve pessoas de má fé que foram lá e vazaram.

RD1 – O Dudu entrou em contato com você nessa época?

Robert Oliveira – Não entrou. Só a mãe dele entrou em contato comigo naquela época. Ela perguntou porque eu tinha feito isso, perguntou porque eu queria ferir a imagem dele. Eu disse que não fiz de propósito. E não foi de propósito. As pessoas viram que eu fiquei tão assustado que eu fiquei com vontade de sair de casa. Ela começou a falar que eu estava errado e mandou apagar todas as fotos que eu tinha dele do Facebook. Aí eu apaguei.


RD1 – Por que você resolveu fazer o desabafo no Facebook?

Robert Oliveira – Eu iria deixar isso quieto, porque estava com medo ainda. Até então não conseguia me relacionar com ninguém, confiar nas pessoas. E aconteceu essa coisa com a Maisa [Silva]. Estava vendo as pessoas me mandando fotos e prints [mostrando] que ele estava sendo babaca. E isso me deixava irritado, porque já passou, sabe? Aí comecei a ficar com raiva e falei com uma amiga. Falei ‘ó, vou fazer isso, isso e isso. Sei as consequências, mas as pessoas vão ver a verdade sobre essa pessoa. Não é só porque ela é famosa que ela tem que sair impune disso. Não é porque passou um tempinho que vou esquecer’. Porque eu não fiz nada relacionado a isso para pegar uma carona na fama. Até porque não acho ele famoso, acho ele inconveniente. É uma pessoa extremamente inconveniente que faz de tudo para ser engraçado, mas acaba sendo um babaca. Praticamente foi isso. Aí joguei na rede e não me arrependo.

RD1 – E ele entrou em contato com você depois disso?

Robert Oliveira – Não, só a mãe dele. Entrou em contato comigo no dia seguinte. Me ligou e falou que era mentira, que o SBT iria processar e falou um monte de coisa para mim. Falou que sempre fui na casa dela e ela nunca via isso acontecendo e que eu estava inventando coisas só para ser famoso. E eu falei ‘não, não fiz isso não’. Falei para ela ‘você conhece o seu filho, conhece o filho que tem. Você não está acreditando em mim? Sinto muito, mas você vai se arrepender e vai conhecer a peça que você tem’. Ela sabe muito bem quem o Eduardo é.

RD1 – Você conheceu a mãe dele na época em que namoravam?

Robert Oliveira – Conheci a família dele toda, praticamente.

RD1 – E por que ela disse que você é mentiroso?

Robert Oliveira – Porque ela acha que isso não aconteceu de verdade. Só que ela nunca estava ali para ver o que estava acontecendo. Ela nunca estava no quarto para ver o que estava acontecendo. Ela só via o que estava fora.

RD1 – Mas então ela sabia do namoro de vocês, né? Ela estava ciente que vocês namoravam?

Robert Oliveira – Sabia, todo mundo sabia. Todo mundo!

RD1 – A gente recebeu a informação de que o Dudu registrou um Boletim de Ocorrência contra você. O que você acha disso?

Robert Oliveira – Acho assim… sei lá… Para ele foi certo fazer isso, só que eu acho que ele não fez isso. Ele sabe muito bem que, a partir do momento que ele jogasse na mídia e jogasse num processo com isso, iria acabar caindo mais. Porque eu tenho provas, testemunhas e ele sabe disso. Está fazendo esse jogo de cintura apenas para se sair bem. Até porque, quando isso aconteceu com a Maisa e comigo, o nome dele cresceu. Os números no Instagram dele bombaram. Ou seja, tudo o que ele faz, ao meu ver e ao ver das pessoas, é para ganhar Ibope. Ou seja, tanto faz se ele fizer Boletim de Ocorrência. Eu sei que estou falando a verdade, sei que aconteceu e muita gente sabe o que aconteceu, entende? Ele está fazendo isso para ser o mocinho na história.

RD1 – Que provas você tem mais, além das que foram divulgadas?

Robert Oliveira – Eu tenho print de um dia que ele me bateu. Falei assim ‘ó, hoje vamos assistir filme e comer pizza’. Ele chegou cansado e falou ‘Beleza, você me acorda tal hora’. Falei ‘ok’. Quando deu tal hora, eu o acordei. Só que ele não queria acordar. Sempre que acordava ele, ele ficava irritado. Falei ‘Eduardo, acorda, acorda…’. E ele foi ficando irritado. Até que ele levantou e me deu um soco. Falou assim ‘nossa, você me irrita’ e voltou a dormir. Entrei em choque. Comecei a tremer, a chorar. Coloquei a blusa de frio, o tênis e fui embora. Isso era 23h40 e, na mesma hora, mandei uma mensagem para uma amiga minha falando o que estava acontecendo. Tenho print disso. Tirei print disso. Muitas vezes cheguei a ir na escola com o rosto machucado, com o braço machucado, só chorava no intervalo. Minha mãe foi chamada muitas vezes na escola para falar sobre isso que estava acontecendo. Porque todo mundo na escola, professores e diretores, falavam que ele não era para mim e que não era para eu me envolver com ele. Só que eu estava cego, literalmente. E todo mundo falava que eu gostava mais dele do que de mim, porque todo mundo via o que estava acontecendo. Só que eles não podiam fazer nada.

RD1 – Você contratou algum advogado para te defender? Já está com a defesa pronta?

Robert Oliveira – Tenho advogado dos meus padrinhos. Só vou fazer alguma coisa se ele fizer. Não vou fazer nada por enquanto porque não quero me expor mais do que já está exposto. Não quero estragar relacionamentos, porque sei que posso perder muita coisa. E meu intuito com isso não era virar a atenção para mim. Porque é horrível isso. É horrível você se sentir ameaçado, sabe? Quando as pessoas vem falar com você e você se sente muito desconfortável. Só que fiz no intuito de ajudar as pessoas e abrir o olho delas. Porque não é só com casais héteros que acontece isso, não é só com mulheres que acontece isso. Com homens gays também acontece isso. Com todo o tipo de casal acontece. Não vou ser o primeiro e nem o último a fazer isso.

RD1 – Você ainda sente alguma coisa com ele?

Robert Oliveira – Raiva e nojo. Só isso.

RD1 – Você gostaria de conversar com ele?

Robert Oliveira – Não, não gostaria de conversar com ele. Nem de olhar para a cara dele. Porque, assim, sou maduro e entendo o que está acontecendo. Entendo os motivos, só que não concordo em conversar com ele e vê-lo. Para mim não é legal. E como se você estivesse em um pesadelo e tivesse que voltar a esse pesadelo.

RD1 – Você chegou a ser ameaçado nas redes sociais?

Robert Oliveira – Até que parou, viu? Na semana da postagem recebi bastante ataque. Recebi até ameaça de morte, coisas horríveis. Lia aquilo e ficava bem triste, porque pensava ‘nossa, as pessoas estão me atacando por um desabafo, só que elas não estão vendo as provas’. As pessoas estão querendo acreditar nele porque é uma pessoa famosa. Fiquei triste, mas muita gente veio me dar mensagem de apoio. Isso me deixou feliz para caramba. Meus amigos viram como eu fiquei abalado naquela semana. Meu psicológico estava horrível naquela semana. Quase tive um colapso. Só chorava.

RD1 – O Dudu tem aquela voz mesmo, empostada, é aquilo mesmo? Ou é diferente na vida real?

Robert Oliveira – Ele sempre busca ser aquilo. Ele quer ser uma cópia do chefe [Silvio Santos].

RD1 – Na vida real também?

Robert Oliveira – Na vida real também. Ele sabe falar normal, mas ele gosta de falar daquele jeito.

RD1 – E você, o que planeja fazer agora?

Robert Oliveira – Já acabei a escola, graças a Deus. Ano que vem vou fazer faculdade de turismo e depois Letras para inglês. Vou viajar para Londres, ano que vem, para fazer intercâmbio. Espero que o meu futuro seja ótimo, que eu tenha um relacionamento maravilhoso com amigos, família e meu namorado. Esse é meu sonho.

FONTE: RD1
Share on Google Plus

About vnt online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.