Um mês antes de ser morta em roubo a carro-forte, refém desabafou: 'Natal está entregue aos bandidos'

No VNT do G1 RN - 14/07/2107
Micaela havia sido assaltada há 20 dias (Foto: Arquivo Pessoal )
Micaela havia sido assaltada há 20 dias (Foto: Arquivo Pessoal )
A abeleireira e barbeira Micaela Ferreira Avelino, de 26 anos, que foi feita refém e morreu após ser baleada em uma tentativa de assalto a um carro-forte na tarde desta quinta-feira (13) em um shopping em Nova Parnamirim, na Grande Natal, havia mudado a barbearia de local recentemente. O motivo? Insegurança. "Natal está entregue aos bandidos! Não existe mais segurança pública. Os bandidos que estão mandando nessa cidade", desabafou a jovem em uma rede social, cerca de um mês atrás.
 Em uma rede social, a jovem chegou a reclamar da falta de segurança da cidade (Foto: Reprodução/Facebook )
Em uma rede social, a jovem chegou a reclamar da falta de segurança da cidade (Foto: Reprodução/Facebook )
Mica, como gostava de ser chamada, havia sido assaltada há 20 dias. Segundo familiares, ladrões fizeram um arrastão no salão e levaram todos os pertences dos clientes e funcionários. Com medo da violência, ela decidiu mudar a barbearia de lugar, que estava funcionando no novo endereço há apenas dois dias. "Era o sonho dela", disse uma amiga da jovem.

Consternados, familiares e amigos contaram que ainda não foi possível entender o que aconteceu. "A ficha não caiu ainda", disse uma tia da jovem. A família, que ainda não divulgou as informações sobre o velório e o enterro do corpo da jovem, quer saber de onde partiu o tiro que matou a jovem.
Micaela Ferreira foi feita como refém por bandido e acabou sendo baleada na cabeça. (Foto: Reprodução / Instagram)
Micaela Ferreira foi feita como refém por bandido e acabou sendo baleada na cabeça. (Foto: Reprodução / Instagram)
Share on Google Plus

About vnt online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.