Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Ex-mulher tenta derrubar decisão que impediu prisão de Giba

No VNT do G1 - 20 FEV 2018
Giba  negou a expedição do mandado de prisão por não pagamento da pensão alimentícia aos filhos.  (Foto:  Divulgação/FIVB)
Giba negou a expedição do mandado de prisão por não pagamento da pensão alimentícia aos filhos. (Foto: Divulgação/FIVB)

A defesa da ex-mulher do campeão olímpico Giba afirma que entrou com recurso na tarde de segunda-feira (19) para derrubar a liminar que suspendeu a prisão do ex-atleta por falta de pagamento da pensão dos filhos que teve com Cristina Pirv, também ex-atleta de vôlei.

A prisão de 60 dias tinha sido decretada pela Justiça no dia 9 de fevereiro. Porém, o ex-jogador de vôlei conseguiu uma liminar, na noite de sexta-feira (16), que suspendeu a decisão.

De acordo com o advogado de Pirv, Rodrigo Reis Silva, o juiz terá prazo de cinco dias para se manifestar sobre o pedido. "Caso a decisão não seja favorável, vamos recorrer ao STJ [Superior Tribunal de Justiça]", diz.

Segundo ele, a dívida somada chega ao equivalente a dez meses de pensão. Sobre os valores, o advogado explicou que Giba não apresentou os comprovantes de rendimento para mostrar que não pode pagar a quantia estabelecida.

Além disso, o advogado alega que o valor da pensão foi o próprio Giba que se ofereceu a pagar, em 2013. A quantia, que não foi divulgada porque o processo tramita em segredo de Justiça, tem correção anual.

Giba nega mandado
O ex-jogador divulgou em suas redes sociais, no sábado (17), um comunicado em que nega a expedição do mandado de prisão por não pagamento da pensão alimentícia aos filhos.

Na postagem que acompanha a foto ao lado dos filhos Nicoll e Patrick, Giba afirma pagar mensalmente "um valor mais que justo e suficiente" para o sustento dos filhos frutos do casamento com a também ex-jogador Cristina Pirv, autora da ação.

"Pago de pensão , mensalmente, um valor mais do que justo e suficiente para que meus filhos, Nicoll e Patrick, tenham uma qualidade de vida acima da média. (...) A mãe dos meus filhos pede, em processo na justiça, um valor de pensão baseado em valores que eu não ganho mais há bastante tempo. (...) A minha parte como pai estou fazendo. Deito minha cabeça tranquilamente no travesseiro com a sensação de que nao deixo faltar nada aos meus filhos", diz na postagem.

Ex-mulher rebateu críticas
Cristina Pirv, que mora em Curitiba, rebateu as declarações do campeão olímpico sobre o não-pagamento da pensão alimentícia aos filhos do casal.

Por meio de uma rede social, a ex-jogadora, nascida na Romênia, afirma que o ídolo da seleção brasileira tenta passar uma realidade diferente da verdade.

"Quando ele diz que paga mensalmente a pensão que eu pedi, mente duas vezes. Primeiro porque ele se ofereceu a pagar o valor que paga, eu não pedi esse valor, e a segunda mentira é o cumprimento desse compromisso, que não existe. Ele deve dez meses de pensão e por isso teve decretada a prisão, como todos agora hoje já sabem. Em alguns meses ele não paga valor algum, em alguns meses paga apenas 20% do valor", conta.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment: