Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

25% dos revendedores de gás de cozinha do RN estão sem botijões para venda, diz sindicato

No VNT do G1 RN - 25 MAI 2018
à frente, o único botijão cheio em uma distribuidora de gás de cozinha, em Natal (Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV Cabugi)
À frente, o único botijão cheio em uma distribuidora de gás de cozinha, em Natal (Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV Cabugi)

Pelo menos 80% das revendedoras potiguares de gás liquefeito de petróleo, mais conhecido como gás de cozinha, não terão o produto disponível para venda a partir deste sábado (26), segundo informou o presidente do sindicato que representa os estabelecimentos - Singás - Francisco Alessandro Correia dos Santos.

Nesta sexta-feira (25), pelo menos 200 revendedores, que representam 25% das 800 unidades no estado, já estão sem o produto. A entidade emitiu um alerta à população. Por dia, são vendidos cerca de 23 mil botijões de gás no estado.

Em uma das distribuidoras de Natal, apenas uma unidade de 13 kg estava disponível, na tarde desta sexta-feira (25).

De acordo Francisco, o estado é abastecido por cinco distribuidoras, mas nenhuma delas está conseguindo entregas os botijões, por causa da greve de caminhoneiros que atingem estradas federais e estaduais do Rio Grande do Norte e de todo o país.

"Nossa orientação aos revendedores é que priorizem as vendas aos hospitais, escolas e penitenciárias", declarou Francisco dos Santos. Ainda de acordo com ele, é possível que consumidores residenciárias que estejam sem reservas tenham dificuldade de encontrar o produto até o fim das mobilizações dos caminhoneiros.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment: