'Não tinha como tirar ela alisando', diz cantor de forró que agrediu ex-mulher na frente do filho de 6 anos no RN

No VNT do G1 RN - 22 AGO 2018
Francisco Luciano dos Santos é cantor e sanfoneiro da banda Brilhantes do Forró,  (Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução)
Francisco Luciano dos Santos é cantor e sanfoneiro da banda Brilhantes do Forró, (Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução)
O vocalista e sanfoneiro Francisco Luciano dos Santos, da banda Brilhantes do Forró, disse que está arrependido de ter agredido sua ex-mulher, a doceira Ana Augusta Josuá, de 24 anos. Na segunda (20), ela foi expulsa do apartamento do cantor aos gritos, e com empurrões e puxões de cabelo (veja vídeo e reportagem completa no G1RN aqui), forçada a deixar o condomínio onde ele mora. O filho do casal, um menino de 6 anos, presenciou a violência. O imóvel fica em Parnamirim, cidade da Grande Natal. "Não tinha como tirar ela alisando", disse ele.

"Ou eu tirava ela, ou deixava ela quebrar minha casa. Eu não sou nenhum monstro como estão dizendo. Eu chamei a portaria (os vigilantes do condomínio) porque ela (a ex-mulher) é proibida de entrar na minha casa, por ser realmente uma pessoa muito agressiva, mas não deu tempo da portaria chegar. Eu não quis bater nela. Eu quis só tirar ela de lá. Se eu não tirasse, ela ia quebrar minha casa", acrescentou Francisco, durante entrevista à Inter TV Cabugi nesta quarta-feira (22) (veja aqui a entrevista).

Separada do cantor há 3 anos, Ana Augusta contou que foi ao apartamento do ex-marido para deixar o filho com ele. Na ocasião, ela aproveitou para questionar Luciano sobre o pagamento da pensão do menino, que segundo ela está atrasada desde o dia 15.

Na entrevista, o cantor confirmou que estava devendo pensão e tinha dito que iria pagar na segunda-feira. "Tinha realmente um dinheiro para ela receber, mas eu disse 'Anna, pode ir que mais tarde eu resolvo', porque eu tinha que sacar. Ai ela começou a dizer, 'não vou porque o apartamento é meu também'", disse o cantor.

Ainda de acordo com a doceira, foi a namorada do cantor quem abriu a porta do imóvel, e que foi convidada para entrar, mas não aceitou. A mulher, então, foi chamar Luciano, que estava dormindo. Foi quando ele se irritou ao ser acordado e saiu do quarto xingando, partindo para a agressão física, empurrando Ana Augusta para dentro do elevador.

"Ele saiu de cueca e de camisa e já começou a me agredir. O pior de tudo foi meu filho presenciar. É muita coisa para a cabecinha dele", declarou Ana Augusta. "Ele me agrediu o casamento inteiro, inclusive na gravidez, mas eu era nova, tinha medo”, acrescentou.
Share on Google Plus

About VNT Online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.