TRE faz simulação em São José do Campestre e mais 3 cidades do RN e chama atenção para o uso da “cola”no dia da eleição

No VNT do TRE-RN - 23 SET 2018
A simulação aconteceu nos municípios de São José do Campestre, Lagoa D’Anta, Serra de São Bento e Monte das Gameleiras - Foto: TRE-RN

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) concluiu a eleição simulada realizada neste sábado (22) em quatro municípios da 15ª Zona Eleitoral. O teste, que teve o objetivo de verificar o sistema eleitoral, desde a qualidade da identificação biométrica e o tempo médio de votação, até o sistema de transmissão dos dados das urnas eletrônicas, foi avaliado como positivo com o registro de apenas uma substituição das 17 urnas instaladas nos locais de votação dos municípios de São José do Campestre, Lagoa D’Anta, Serra de São Bento e Monte das Gameleiras.

Dos 21.334 eleitores aptos a votar na 15ª Zona Eleitoral, 424 compareceram aos locais de votação. Mesmo com o baixo comparecimento, o teste serviu de treinamento para os eleitores. Muitos tiveram dificuldade na hora de votar diante da quantidade de telas instaladas na urna eletrônica. Foram necessários digitar os números de seis candidatos fictícios o que causou demora no processo. “A eleição simulada foi muito importante para observarmos que é preciso incentivar o eleitor a levar sua “cola” para a cabine de votação no dia 7 de outubro para acelerar o processo e facilitar a votação. A Justiça Eleitoral vai intensificar nos próximos dias essa comunicação junto ao eleitor ”, disse o Corregedor do TRE-RN, Desembargador Cornélio Alves, que acompanhou todo o processo de simulação.

Já o sistema de biometria apresentou um índice de aprovação de 87,03% durante a votação simulada. Apenas 12,97% dos eleitores  não foram reconhecidos pela digital. O percentual  ficou pouco acima do esperado, que era de 10%. Na urnas de Monte das Gameleiras, município com comparecimento mais significativo de idosos, foram registrados o maior índice, 23.66% de não reconhecimento. “No idoso, a identificação pela digital é mais difícil por causa da idade e isso foi o que influenciou esse percentual acima do esperado”, afirmou Marcos Maia, Secretário de Tecnologia da Informação. O Tribunal Regional Eleitoral lembra que o não reconhecimento da biometria não irá prejudicar o voto do eleitor. O mesário estará apto a verificar se o eleitor é o mesmo que consta no documento, a data do nascimento dele, para só assim gerar a contra senha que o habilitará a votar.

Curiosidades

Dos 424 votos apurados durante a eleição simulada, 69,1% foram de votos válidos. 1,18% correspondeu aos votos brancos e 29,72% aos votos nulos.
Foram colocados nas urnas os nomes fictícios de 4 candidatos a presidente. O eleito, Isac Miguel, venceu a simulação com 32,08% dos votos válidos.
Share on Google Plus

About VNT Online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.