Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Bandas potiguares fazem show em prol do GACC-RN no sábado (22)

No VNT do G1 RN  - 21 DEZ 2018
Talma&Gadelha, Joseph Little Drop e a Luaz se apresentam neste sábado (22), em Natal, para arrecadar dinheiro e mantimentos para o GACC — Foto: Divulgação

Em 2018, a banda potiguar Talma&Gadelha, encabeçada pelos músicos Simona Talma e Luiz Gadelha, concluiu uma campanha de financiamento coletivo que tinha como objetivo levar a banda para Portugal. A viagem foi transformada em um projeto de gravação e divulgação do quarto disco, chamado “Marfim”.

Uma das principais contrapartidas do financiamento coletivo era a de fazer um show beneficente em prol do GACC-RN e o grupo decidiu que agora, com trabalho novo, era o momento ideal. Convidou então duas bandas parceiras que também lançaram novos trabalhos recentes, a Joseph Little Drop e a Luaz, para se somarem à causa.

Os shows ocorrerão neste sábado (22) no El Rock, em Candelária, Zona Sul de Natal, e a entrada do evento será através de doação de fraldas (XG e XGG Infantil e P, M ou G Adulto), alimentos não perecíveis e leite em pó. Também haverá uma feirinha de discos e camisas de bandas potiguares e parte do dinheiro arrecadado com as vendas também será revertida para causas sociais.

Além da feirinha, uma coleção de CDs de bandas brasileiras da atualidade foi doada e quem quiser adquirir os discos pode ajudar com o que puder. A verba proveniente das doações será integralmente destinada ao GACC-RN.

Serviço:
Talma&Gadelha convida Joseph Little Drop e Luaz - show especial em prol do Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC-RN)
Sábado, 22 de dezembro, no El Rock
19h - Luaz
20h - Talma&Gadelha
21h - Joseph Little Drop
Entrada:

Doação de Fraldas (XG e XGG Infantil e P, M ou G Adulto)
Alimentos não perecíveis
Leite em Pó
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.