Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Após arrastão, criminosos são perseguidos pela PM e batem caminhonete em Natal

 No VNT do G1 RN - 16 ABR 2019
Criminosos bateram veículo durante perseguição policial na noite desta segunda-feira (15) em Natal — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Criminosos invadiram a casa de um idoso de 65 anos, renderam a família dele e fizeram um arrastão, na noite desta segunda-feira (15), em Capim Macio, na Zona Sul de Natal. Os assaltantes deixaram o imóvel na caminhonete da vítima e acabaram batendo o veículo em um poste e um muro, após perseguição da Polícia Militar. Um foi preso e outros dois fugiram.

O acidente aconteceu já na avenida Leão Veloso, conhecida como Avenida 5, no bairro Alecrim, Zona Leste da capital. A perseguição policial durou cerca de 10 minutos, porém, quando entrou na via, o carro bateu em um poste, derrubou um muro e ainda capotou.

De acordo com a polícia, os dois suspeitos que fugiram são um homem e uma mulher. O outro ficou preso às ferragens do carro e teve que ser socorrido ao Hospital Walfredo Gurgel. Um revólver foi apreendido com ele.

O Corpo de Bombeiros isolou o local para impedir um incêndio, já que o combustível da caminhonete estava sendo derramado no asfalto. Funcionários da Companhia de Energia do Rio Grande do Norte (Cosern) também foram acionados para restabelecer o abastecimento de energia.

Vítima dos criminosos, o idoso relatou que estava deitado no quarto, quando os homens abriram a porta e o renderam. "Juntaram todo mundo em um quarto e começaram a pegar as coisas", lembra.

A polícia fez buscas pelos suspeitos que fugiram, mas eles não foram encontrados.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.