Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Defesa Civil Estadual e especialistas da UFRN fazem visita técnica a obras emergenciais da Barra do Cunhaú em Canguaretama, RN

 No VNT da Assecom PMC - 09 JUL 2019
Defesa Civil Estadual e especialistas da UFRN fazem visita técnica a obras emergenciais da Barra do Cunhaú em Canguaretama, RN - Foto: 09 JUL 2019

A Defesa Civil Estadual, ao lado de professores especialistas da UFRN, estiveram na Barra do Cunhaú, em Canguaretama, no Litoral Sul do Rio Grande do Norte para realizar o acompanhamento dos serviços emergenciais que estão sendo realizados na costa para diminuir os efeitos do fenômeno natural de avanço marítimo. A visita técnica aconteceu no último sábado (6).

A prefeita de Canguaretama,  Fátima Marinho também esteve no local e acompanhou a reunião com a equipe técnica. “Todo o nosso trabalho no litoral está seguindo as recomendações de estudiosos da UFRN, como também da Defesa Civil. Queremos agradecer esse apoio, pois eles são especialistas nessa área e estão apoiando os trabalhos desde o primeiro momento. Inicialmente, estamos realizando obras emergenciais para evitar qualquer risco à vida humana. Estamos também batalhando por recursos federais para realizar obras definitivas que possam garantir a segurança da nossa população por muitos anos”, destacou a prefeita. 

A professora Ada Scudelari, doutora em engenheira da UFRN, e o professor Dr. Venerando Eustaquio, geólogo também da UFRN, andaram pelo local das obras e avaliou o trabalho realizado até o momento pela equipe da Prefeitura de Canguaretama. Foram feitas novas orientações para a segunda etapa dos procedimentos, que serão seguidas pela equipe técnica da Prefeitura, com o objetivo de aperfeiçoar o projeto e proteger o cartão postal mais famoso de Canguaretama.

Com informações da Assecom da PMC


Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.