Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Jovem de Goianinha que estava desaparecido há três dias é encontrado morto em Santo Antônio, RN

No VNT do Os Amigos da Onça - 15 JAN 2020
  O corpo do jovem foi encontrado próximo ao parque de vaquejada, em Santo Antônio, que fica no caminho para a cidade de Várzea - Foto: Reprodução/Redes sociais

Um jovem foi encontrado morto na tarde desta terça-feira (14), no Loteamento Tropical, situado na saída de Santo Antônio no sentido à cidade de Várzea, no Agreste do Rio Grande do Norte. A vítima era um rapaz da cidade de Goianinha, que estava desaparecido desde o último domingo. A identificação do corpo foi feita por familiares da vítima após tomarem conhecimento dele ter sido encontrado nas proximidades de Santo Antônio.

Um dia antes, os familiares da vítima estiveram na Delegacia de Polícia Civil de Santo Antônio em busca de informações do seu paradeiro, porém ainda não se tinha nenhuma informação do mesmo. A família esteve no local e fez o reconhecimento do corpo, confirmando a identidade do jovem procurado. A vítima, que residia na comunidade Lagoa do Poço, município de Goianinha, foi identificada como Leandro de Oliveira Lira, de 24 anos.

Os policiais receberam uma informação que havia um corpo próximo ao parque de vaquejada, que fica no caminho para a cidade de Várzea. Imediatamente, os militares foram ao local e encontraram o cadáver em um matagal, aparentemente com marcas de tiros.

Uma equipe do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) esteve no local e fez o recolhimento do corpo. Após serem realizados os procedimentos iniciais, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exames de necropsia.

Ainda há informações sobre a autoria do crime e o que teria motivado. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia de Santo Antônio.

Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.