Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Sobe para 11 o número de casos suspeitos de coronavírus no RN

No VNT do G1RN - 10 MAR 2020
Imagens do laboratório da Fiocruz onde acontecem pesquisas sobre coronavírus. Nenhum caso foi registrado no RN — Foto: Reprodução/TV Globo

Subiu para 11 o número de casos suspeitos do novo coronavírus, o Covid-19, registrados no Rio Grande do Norte. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap) e foram repassados ao G1 nesta tarde de segunda-feira (9). No último boletim, divulgado na sexta-feira passada, o número de casos suspeitos era de quatro. Nenhum caso foi confirmado no estado.

Os casos suspeitos são seis de Natal, dois de Parnamirim, além dos três primeiros registrados em Mossoró nesta segunda-feira - os únicos até o momento fora da Região Metropolitana de Natal. Os casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu com todos. Os números divulgados pelas secretarias estaduais e o MS não são necessariamente iguais, já que os órgãos têm horários e procedimentos distintos para apresentação de seus boletins diários.

Com os novos casos suspeitos, a Sesap tem usado o protocolo de enviar os exames para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em Natal e, caso a unidade não consiga identificar uma gripe ou outro tipo de vírus mais comum no prazo de três dias, as amostras são enviadas para o Instituto Evandro Chagas, no Pará. Nesta nova avaliação, a previsão é de até sete dias.


Os três primeiros casos suspeitos de Mossoró, notificados nesta segunda, envolvem um homem, uma mulher e um adolescente que estiveram recentemente na Itália. Eles apresentaram febre e tosse e procuraram um hospital privado, que comunicou sobre os casos.
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.