Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

RN tem 263 casos confirmados e investiga 8 mortes com suspeita de coronavírus

Dois novos casos de coronavírus no Rio Grande do Norte foram confirmados nesta sexta-feira (10) pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Ao todo, o estado tem 263 diagnósticos confirmados, além de 11 óbitos, sendo que há outros oito em investigação. Os suspeitos chegam a quase 3 mil: 2.954 em 140 municípios.

Do G1RN - 10 ABR 2020
RN tem 263 casos confirmados e investiga 8 mortes com suspeita de coronavírus

De acordo com o secretário adjunto de Saúde, Petrônio Spineli, os oito óbitos em investigação estão espalhados em oito municípios do interior do estado: Cerro Corá, Ipanguaçu, José da Penha, Luis Gomes, Macau, Mossoró, Parnamirim e Tenente Ananias.
O governo também apresentou os dados de pacientes internados em hospitais públicos na capital, sendo 31 em UTI. São eles:

Pacientes com a covid19 confirmada e internadas:
25 pessoas na rede privada
04 pessoas na rede pública
Pacientes internados e sob suspeita da doença:
25 pessoas na rede privada
69 pessoas na rede pública
Até esta quinta-feira (9), o estado contava com 261 casos confirmados. O número de confirmações não registrou variação da quarta para quinta por causa da falta de kits automatizados para diagnóstico da Covid-19. Segundo a Sesap, os dois novos casos foram de laboratório privado.

Os três últimos óbitos foram registradas em Mossoró (2) e Natal (1) também na quarta. Em Mossoró, de acordo com a Secretaria de Saúde do Município, as vítimas são dois homens que já estavam internados. Em Natal, o paciente era um bebê recém-nascido. Ao todo, 22 municípios potiguares têm registros da doença.

Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.