Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Carro roubado é encontrado submerso em praia do RN

Do G1RN - 02 DEZ 2020
Carro foi achado dentro do mar, por moradores de Grossos, e tirado da água com ajuda de caminhonete. — Foto: Ronaldo Josino/Reprodução


Um carro roubado foi encontrado submerso no mar na praia de Pernambuquinho, em Grossos, no Litoral Norte potiguar. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (2). Uma moto também foi levada pelos criminosos, mas foi achada na areia da praia.

De acordo com moradores da comunidade, o carro tinha sido furtado e usado por ladrões para transportar outros materiais também furtados de algumas casas na comunidade, durante a madrugada.

A Polícia Militar foi informada da série de crimes, mas disse ainda não houve registro de boletim de ocorrência na delegacia. Nenhum suspeito foi preso.

Ainda de acordo com a PM no município, não houve relatos de ameaça com arma de fogo e sequer o dono do veículo tinha percebido o roubo, portanto, inicialmente, o crime seria de furto.

"Ninguém viu nada, ninguém sabe quantos foram. Mas a suspeita é essa, que eles usaram o carro para levar os materiais roubados nas casas da comunidade. Uma vizinha minha tem uma casa na comunidade, que está fechada, e também pularam o muro dela", contou o professor Ronaldo Costa Josino, que tem um blog e registrou as imagens do carro na praia.

A suspeita é de que os bandidos tenham levado o carro até a praia para pegar outro veículo ou fugir de barco. Durante a madrugada, a maré teria enchido e levado o veículo abandonado para dentro do mar.

Pela manhã, por volta das 6h, moradores encontraram o veículo, que foi retirado da água com a ajuda de uma caminhonete, que puxou o automóvel. A motocicleta também foi achada na areia.

Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.