Juíza suspende processo de impeachment contra a prefeita de Canguaretama, RN

No VNT do Os Amigos da Onça - 25 jul  2018
Prefeita Fátima Marinho, prefeita de Canguaretama, RN - Foto: Internet

A juíza titular da Comarca de Canguaretama, Daniela do Nascimento Cosmo, decidiu, na tarde desta terça-feira (24), pela suspensão dos processos que apuram atos administrativos da Prefeitura Municipal de Canguaretama. A apuração estava sendo feita pela Câmara Municipal e a decisão seguiu para publicação no Diário da Justiça.

Sobre o processo, a juíza disse que a vereadora Adriana Albuquerque (Solidariedade) não poderia votar por ser esposa do vice-prefeito do município, João Alberto Teixeira (Solidariedade), que assumiria a administração caso a atual gestora, Fátima Marinho (MDB) fosse afastada. Segundo a magistrada, ela é “interessada direta” no caso.

No outro processo, Daniela Cosmo disse haver fundamento para a suspensão dos trabalhos da comissão da Câmara por não ter sido assegurado o direito à ampla defesa da gestora municipal.

A votação sobre o relatório na Câmara Municipal aconteceria nesta quarta-feira (25), porém, com a decisão da juíza, a sua realização e os trabalhos da comissão ficam suspensos.
Share on Google Plus

About VNT Online

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.