Recent

Postagens mais visitadas

Navigation

Prova para candidatos a conselheiros tutelares de Várzea, RN será neste domingo (7)

Do VNT - 05 JUL 2019
Prova para candidatos a conselheiros tutelares será domingo em Várzea, RN

VNT - A prova de conhecimento específico do Processo de Escolha Unificada para Membros do Conselho Tutelar para o quadriênio 2020/2024 será realizada no domingo (7), em Várzea, no Agreste do Rio Grande do Norte. De acordo com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdca), o exame será realizado na Escola Municipal Plácido Tomaz de Lima, com inicio às 8h e o candidato deve comparecer com no mínimo uma hora de antecedência do horário previsto para o início da prova, os portões serão fechados às 7h30m.

O exame de conhecimento específico com caráter eliminatório contém 20 questões de caráter objetivo sobre a Lei 8.069/1990 (ECA). O candidato que acertar no mínimo 50% da prova estará apto a concorrer uma vaga para conselheiro tutelar na eleição que acontecerá em 06 outubro. Os escolhidos serão diplomados no dia 10 de janeiro de 2020. 

CANDIDATURAS HABILITADAS PARA A ETAPA DO EXAME:

1 – ROSILEIDE VENCESLAU DA SILVA SOARES
2 – MARCOS ANDRÉ DE SOUZA
3 – MIRLENE DA COSTA RIBEIRO SILVA
4 – TAMILA RODRIGUES DE LIMA
5 – DANIEL DA SILVA TEIXEIRA
6 – KLAYTON ANACLETO DO NASCIMENTO
7 – IRANILZA BRAZ DA SILVA
8 – LAERCIO SILVA PAULINO
9 – JOSE FERNANDO SILVA DO REGO
10 – JULIANA BARBOSA GOMES FERNANDES
11 – MILENE MARTINS CRUZ DE LIMA
12 – FABIO DE LIMA FERREIRA PAULINO
13 – JOSÉ ANDRÉ DA SILVA JÚNIOR
14 – JOSEANE ALVES DA SILVA
15 – PAULO VIANA DA SILVA
16 – EGNALDO DA COSTA SILVA
17 – MARCIEL FREIRE AVELINO
18 – SILVANIA REGO DA SILVA OLIVEIRA
19 – ADAILTON AVELINO DE OLIVEIRA
Share
Banner

VNT Online

Post A Comment:

0 comments:

OS COMENTÁRIOS POSTADOS AQUI SÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO COMENTÁRIO.

PARA FAZER COMENTÁRIOS NO VNT:

Respeitar o outro, não conter insultos, agressões, ofensas e baixarias, caso contrário não serão aceitos.

Não usar nomes de terceiros para emitir opiniões, o uso indevido configura crime de falsidade ideológica.